10 tendências de inovação na construção civil para 2023

por | 26 dez, 2022 | 0 Comentários

As principais apostas para o próximo ano estão ligadas especialmente ao uso de tecnologia e ao meio ambiente, assim como à busca de qualidade de vida, tanto da equipe quanto de quem irá usufruir das obras

O que se espera do setor de construção civil para 2023? Com a digitalização dos negócios de forma acelerada, chegada do 5G, e ao mesmo tempo em que a sustentabilidade está cada vez mais em pauta como um tema que precisa ser incorporado nas práticas corporativas, o setor da construção civil vem buscando alternativas para se adequar às tendências de negócios. 

A expectativa é que o mercado reaqueça novamente e traga bons frutos junto com os avanços tecnológicos. Por conta da alta competitividade do setor e das instabilidades do mercado devido à pandemia da Covid-19, é imprescindível que as organizações busquem a melhoria dos processos, a fim de impactar a qualidade e a produtividade das obras.

“Vemos o ano de 2023 com grande otimismo em relação às vendas. Com as expectativas expansionistas de gastos do novo governo, existe uma tendência ao aumento de consumo, porém isso pode trazer novamente a inflação. Além disso, existe uma tendência a termos mais dificuldade em encontrar mão de obra qualificada. O novo governo deve investir no programa Casa Verde e Amarela ou Minha Casa Minha Vida, então, com certeza, será um bom ano para o setor como um todo”, comenta Ignacio Herrera, diretor de Engenharia da CLG Construtora e Incorporadora, com sede em Curitiba-PR.

O papel das construtechs para a inovação na construção civil

Você já ouviu falar em construtechs? Elas são startups e empresas de tecnologia que desenvolvem soluções para a construção civil. Nos últimos anos, têm se tornado importantes agentes na inovação e nas melhorias neste setor. 

De acordo com a aceleradora de empresas Terracotta Ventures, atualmente existem aproximadamente 700 empresas deste segmento, desde inovações tecnológicas que atuam nos processos de construção e execução de obras, até o setor imobiliário ou financiamento de imóveis. As soluções são variadas e atuam em toda a cadeia produtiva por meio de softwares para gestão de obras, Apps para redução de custos e desperdícios, plataformas de cotação para análise de preços de materiais e soluções para uso de energias renováveis, por exemplo. 

“Acredito que devemos investir na tecnologia do BIM (Modelagem de Informação da Construção) para extração de melhores quantitativos e garantir integrações mais precisas com orçamentos e cronogramas. Com essas previsões mais aperfeiçoadas, podemos melhorar a tomada de decisão em momentos de alta inflação dos custos. Já existem grandes construtechs trabalhando nisso em conjunto. Aliado às tecnologias, metodologias como o Lean Construction, estão se tornando mais difundidas e devem ter mais espaço a partir do próximo ano”, acrescenta Ignacio.

Outro ponto de preocupação é a qualificação da mão de obra. Qualificação, custo e pontualidade ainda são os itens mais visados. “Também é preciso industrializar mais o setor para que se aumente a produtividade da mão de obra. Ferramentas, máquinas e processos industrializados devem ser cada vez mais comuns”, completa o diretor.

Confira 10 tendências de inovação na construção civil

Cidades Inteligentes

As cidades inteligentes, ou smart cities, são cidades formadas por construções sustentáveis e tecnológicas a fim de otimizar recursos naturais e energia. Estas inovações impactam diretamente na qualidade de vida das pessoas, seja no transporte, no uso de espaços comuns das cidades, no consumo, entre outros. Um ponto importante é a conectividade. Com a revolução do 5G, o potencial de oferta de hotspots de internet gratuita, controle de câmeras de segurança, transmissão de dados e toda a estrutura tecnológica da cidade, se torna mais rápido e eficiente, beneficiando as smart cities.

Impressão 3D

A impressão 3D já está no mercado há alguns anos e vem revolucionando a forma como criam e transportam materiais de diversos tamanhos e utilidades. Não seria diferente na construção civil. As impressoras 3D atualmente já são aplicadas na criação de construções modulares, por exemplo, com o uso de pré-fabricados. Um dos principais impactos dessa tecnologia é a logística.

Inteligência Artificial 

A inteligência artificial também é outra tecnologia que já está no mercado há muitos anos, mas que segue evoluindo cada vez mais. Geralmente, um de seus principais usos é a possibilidade de prever eventos, auxiliar na gestão de crédito imobiliário para o mercado através do cruzamento de dados, que podem ser usados para estratégias de relacionamento, atendimento ou vendas. 

Drones

Os drones já são utilizados para diferentes aplicações, mas na construção civil está ganhando cada vez mais espaço. Além da filmagem de uma obra para produção de conteúdo de divulgação, as novas tecnologias permitem avaliação termográfica de revestimentos, identificação de sinais de desgaste na construção, visualização do mapeamento 3D das construções e até auxiliar na gestão de um canteiro de obras. Sua velocidade e segurança os tornam versáteis e podem evitar a necessidade de enviar um trabalhador a lugares muito altos, diminuindo riscos.

Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas (do inglês, Internet of Things ou IOT) é uma das inovações que mais transforma o setor da construção civil. Essa tecnologia se trata da conectividade entre o mundo digital e físico, tornando-se útil para os moradores na automação residencial, através de sensores que podem ser usados para ligar ou desligar aparelhos eletrônicos, ajudar na economia de energia, controle a distância e atualização geral de status de funcionamento. 

Tijolos Ecológicos

Essa é uma das inovações que estão diretamente relacionadas à sustentabilidade de uma obra. Através do reaproveitamento de materiais, os tijolos ecológicos surgem como uma alternativa ao material comum, causando menos danos ao meio ambiente e fortalecendo a economia local.

Realidade Aumentada

A realidade aumentada promove a interação entre o real e o virtual. Profissionais envolvidos no setor podem projetar a realidade de um empreendimento aos seus clientes e dar uma nova dimensão aos modelos criados em seus computadores. A vantagem dessa tecnologia é a sua capacidade interativa com o que antes cabia somente em uma tela. Para uma obra, ela é útil para perceber possíveis incompatibilidades geométricas entre o real e o digital, permitindo que o planejamento seja mais assertivo, além de um acompanhamento de obra a distância. 

BIM

A tecnologia BIM (Building Information Model ou, em português, Modelagem de Informações da Construção) é um recurso que facilita a revisão de projetos enquanto acontecem. Essa ferramenta dá uma visão clara aos planejadores do andamento de cada etapa e quais são os próximos passos em uma construção. 

Lean Construction

O método Lean Construction, ou construção enxuta, está diretamente ligado a uma filosofia de trabalho apoiada por técnicas e práticas que favorecem uma redução de custos, desperdícios e até logística da obra, sendo, efetivamente, uma ferramenta para gestores. Essa metodologia é muito focada no planejamento e controle do canteiro de obras e todo o processo de produção envolvido para mais organização e produtividade. 

Sustentabilidade

Certamente, todo projeto que vise a diminuição de danos ao meio ambiente e que incentive a melhoria de processos ao longo do uso rotineiro de um empreendimento, será bem-visto e terá consigo diferenciais no mercado. Isso parte desde a escolha da matéria-prima utilizada na obra até o final do processo, na escolha de como serão descartados estes resíduos. Outra tendência que vemos para 2023 é a construção de casas pré-fabricadas, que, através de seus processos, trazem redução de custos, mão de obra e logística, também se tornando uma parte das tendências sustentáveis. 

Leia mais

Projeto H. – Heroica.

Projeto H. – Heroica.

O Projeto teve início em 2014, com o intuito de acolher e aconselhar mulheres vítimas de violência, apoiá-las no...

#Cáentrenós

#Cáentrenós

Cristiane Teixeira Queridos Viajantes da Alma, Ao iniciar esta jornada na coluna #cáentrenós, senti que o primeiro...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

[mailpoet_form id="2"]