132 milhões de pets no Brasil

por | 31 mar, 2020 | 0 Comentários

Com tantos animais domésticos no país, é cada vez mais comum conhecer alguém que cuida deles como se fossem filhos, com direito à festa de aniversário e tudo mais.

Você tem um pet? Se sim, seu lar é um dos 65 milhões de domicílios brasileiros que possuem pelo menos um cachorro ou gato. Esse dado é de uma pesquisa feita pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de São Paulo (USP), em 2016. Das pessoas que têm cães em casa, 44% veem seus pets como filhos, e o número sobe para 45% com os donos de gatos. Mas o que isso significa?

Resumidamente significa que os bichinhos recebem o mesmo carinho e cuidado que um filho, que seus “pais” se preocupam com a qualidade da sua alimentação, com a estética, que os pets dormem no quarto (ou na cama)…

Mas, para algumas pessoas, esse cuidado vai além – dietas especiais elaboradas por nutricionistas, petiscos gourmet, roupas de marca, carrinhos de passeio e até mesmo hotéis para cães existem hoje. A humanização dos pets é real, e não está tão distante assim da nossa realidade. Pense bem, você com certeza se lembrará de alguém que trata seus bichinhos como verdadeiros filhos. A mesma pesquisa da USP constatou que 82% dos proprietários de cachorros são de classe AB, o que justifica o gasto extra com os filhos de quatro patas.

Mercado pet

Alguns empreendedores espertos farejaram essa tendência e não perderam a oportunidade. Enquanto há alguns anos era necessário ir até a loja de agropecuária mais próxima para comprar ração, hoje o leque é bem maior: são pet shops, boutiques, salões, hotéis, academias, padarias e até shoppings inteiros dedicados ao mundo pet.

Os números mostram a força do mercado pet no Brasil. Os dados mais recentes do IBGE mostram que há 132 milhões de pets no país. Somos a quarta maior população de animais de estimação no mundo, e ocupamos a terceira maior posição em faturamento.

Dentre os itens “humanos” mais procurados estão ovos de páscoa, panetones, cervejas e chocolates elaborados especialmente para os animais, sem ingredientes que podem os prejudicar (como de fato o chocolate que consumimos, que pode ser fatal se ingerido por cães). Cuidados como SPA, delivery de refeições balanceadas e saudáveis, acupuntura e até mesmo terapia para os bichinhos são fáceis de encontrar em médias e grandes cidades.

American dogs

Nos Estados Unidos, a humanização dos pets é ainda mais forte. Uma pesquisa de 2016 da revista Fortune trouxe números ainda maiores que os brasileiros: 76% dos donos de pets nos EUA os consideram membros queridos da família. E o consumismo americano você sabe como é… Por lá, algumas marcas para humanos começaram a correr atrás de entrar no mundo pet, como a fabricantes de colchões Casper, inovadora startup dos colchões vendidos em caixas diretamente para o consumidor, que criou o colchão para pets com a mesma tecnologia dos vendidos para humanos. Um colchão tamanho médio (para cães de até 27kg) custa US$150. Dormir no chão? Never!

Amor para todos

A escolha de tratar seus pets como filhos é particular de cada um, o importante é saber que ter um bichinho em casa requer muita responsabilidade e cuidado, independente de luxos. Além disso, apenas no Brasil existem 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães abandonados, segundo a Organização Mundial da Saúde. Que tal lembrar dessa informação quando bater a vontade de ter um pet só seu, e adotar ao invés de comprar?

 

Leia mais

Última Palavra: Marina Monfrinato

Última Palavra: Marina Monfrinato

Somos os responsáveis por tudo o que acontece em nossa volta. Acho que você já ouviu isso inúmeras vezes, não é mesmo?...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.