CIDADE MATARAZZO

por | 10 abr, 2022 | 0 Comentários

UM PROJETO LUXUOSO DE SÃO PAULO COM O ÚNICO HOTEL 6 ESTRELAS DO BRASIL

Um dos marcos arquitetônicos e históricos de São Paulo, o antigo Hospital Matarazzo, está passando por uma grande transformação para se tornar um novo símbolo da capital paulista: Cidade Matarazzo. Localizado próximo à Avenida Paulista, o empreendimento conta com a restauração de prédios centenários e com três intervenções arquitetônicas contemporâneas erguidas em diálogo com as construções históricas.

Fundado em 1904, e oficialmente batizado de Hospital Humberto Primo, ele passou a ser reconhecido pelo nome de um de seus administradores, o conde Francesco Matarazzo, imigrante italiano tido como um dos maiores industrialistas do século XX. O antigo hospital foi desativado em 1993 e permaneceu abandonado durante vinte anos, até ser descoberto e adquirido pelo empresário Alexandre Allard em 2007/2008. Fruto de investimentos perto de R$3 bilhões até sua conclusão, o complexo é apontado como a maior obra de revitalização de patrimônio histórico sem aporte de recursos públicos da história do Brasil.

O COMPLEXO ENGLOBA 10 EDIFÍCIOS TOMBADOS EM UM TERRENO DE 30 MIL METROS QUADRADOS LOCALIZADO AOS PÉS DA AVENIDA PAULISTA E TERÁ O HOTEL ROSEWOOD SÃO PAULO, PRIMEIRA PROPRIEDADE DO GRUPO NA AMÉRICA DO SUL.

Capela Santa Luzia, de 1922, e a maternidade Condessa Filomena Matarazzo, fundada em 1943. O empreendimento terá seus edifícios tombados, restaurados e preservados, incluindo a sua capela, que será consagrada novamente, possibilitando novas cerimônias. Tudo isso respeitando a memória do local e o projeto arquitetônico original dos italianos Luigi Pucci e Giulio Micheli.

O projeto é ousado. O complexo conta com a primeira propriedade da luxuosa rede de hotéis Rosewood, um centro de convenções, um centro cultural com teatro e auditório, um estúdio de música, uma área gastronômica com 34 restaurantes, um mercado de produtos orgânicos, um campus para empreendimentos de tecnologia criativa, um centro de compras com mais de 300 lojas de grife e estacionamento de 1.500 vagas. O empreendimento também abrigará um polo de inovação que deve reunir ONGs, fundos filantrópicos, empreendedores verdes, cientistas, grandes empresas, governo e outras instituições envolvidas na valorização dos recursos naturais do Brasil.
No espaço serão plantadas cerca de dez mil árvores nativas que devem devolver o verde à região e auxiliar na permeabilização do solo. O projeto é desenvolvido por especialistas reconhecidos internacionalmente como o arquiteto francês Jean Nouvel – ganhador em 2008 do Prêmio Pritzker, a maior distinção da arquitetura; o engenheiro Rudy Ricciotti; Stefano Mancuso, cientista italiano que fundou o estudo da neurobiologia vegetal; Brando Crespi, fundador do Pro Natura International, que está presente em 60 países no combate às mudanças climáticas, dos escritórios de design Ateliers de France, responsável pelos acabamentos de toda a obra; o franco-brasileiro Triptyque e o norueguês SPOL, que realizam a tropicalização do projeto, entre outros.

VALORIZANDO A ARTE E A CULTURA BRASILEIRA
O centro cultural que recebe o nome Casa Bradesco da Criatividade vai ocupar uma casa de três andares e o novo projeto é do arquiteto francês Rudy Ricciotti, responsável pelo departamento de arte islâmica no Museu do Louvre, em Paris.
A ideia é que o salão do casarão seja convertido em teatro, casa de shows, espaço para aulas de gastronomia e um ambiente imersivo, em que imagens de obras de arte sejam projetadas em alta definição. Terá ainda o espaço de arte contemporânea, coordenado pelo curador Marcello Dantas, que já esteve por trás de projetos como os do Museu da Língua Portuguesa e da Japan House, e com cerca de dois mil metros quadrados, se tornará uma das maiores áreas expositivas de São Paulo e funcionará 22 horas por dia, em homenagem à Semana de Arte Moderna de 1922.


ROSEWOOD SÃO PAULO, A PRIMEIRA OBRA DE JEAN NOUVEL NA AMÉRICA DO SUL
Administrando 26 hotéis, resorts e residências de luxo em 15 países e com 26 novas propriedades em desenvolvimento, a primeira propriedade da Rosewood Hotels & Resorts na América do Sul está localizada no complexo Cidade Matarazzo. Inaugurado em janeiro de 2022, o Rosewood São Paulo une história, cultura e sustentabilidade na paisagem urbana da capital e promete ser um destino inédito de experiências gastronômicas e entretenimento.

O luxuoso hotel 6 estrelas irá ocupa dois prédios da Cidade Matarazzo: a antiga Maternidade e um edifício novo, a Torre Mata Atlântica. Para assinar o projeto, figuras ilustres do ramo da construção e decoração, como o arquiteto Jean Nouvel, o designer Philippe Starck e os renomados artistas brasileiros Beatriz Milhazes e Saint-Clair Cemin.

A Torre Mata Atlântica foi projetada a partir do contexto no qual se insere, respeitando a história do Brasil, de São Paulo e do antigo Hospital Matarazzo. O projeto de Jean Nouvel apresenta árvores de 15m de altura integradas à fachada e varandas da torre, criando uma arquitetura orgânica. O edifício já é um ícone da cidade.

O projeto de interiores de Philippe Starck para o Rosewood São Paulo une o design mundial com a história e a cultura brasileira. Durante quase dez anos, Starck se debruçou sobre o Brasil para trazer aos ambientes uma seleção primorosa de materiais, objetos e artefatos 100% brasileiros.

A restauração da antiga Maternidade honrou a identidade original do prédio e as obras de revitalização da quase centenária Capela Santa Luzia envolveram complexas soluções de engenharia para possibilitar a construção de um novo edifício no subsolo com oito pavimentos subterrâneos interligados à Torre Mata Atlântica.

O Edifício Ayahuasca será o primeiro edifício de escritórios com serviços de alto luxo em São Paulo, oferecidos pelo Hotel e foi projetado em meio a prédios tombados com fachada de cipós de concreto revestidos de trepadeiras naturais.

O Rosewood São Paulo conta com 160 quartos e 100 suítes residenciais, que já estão à venda. De acordo com a filosofia da A Sense of Place da Rosewood, todas as instalações do hotel em São Paulo também contarão com uma coleção permanente de arte com mais de 450 obras de 57 artistas brasileiros contemporâneos.

PREPARADO PARA ESSA EXPERIÊNCIA?

Como seria viver uma experiência no Complexo Cidade Matarazzo? Para os investidores do empreendimento, a intenção é que o local seja a oportunidade de se fazer negócios em meio ao hub mais descolado e contemporâneo da cidade, com o luxo de poder viver um mundo de possibilidades, de diferentes tons e contornos. Realizar reuniões à sombra de árvores centenárias, caminhar pelas esplanadas da simpática vila de edifícios tombada pelo patrimônio histórico, desfrutar pausas em uma visita a galerias de arte e a lojas dos mais variados estilos.
Para desfrutar de todo o espaço é necessário aguardar. O empreendimento deve ser totalmente finalizado em 2023. E
você ainda tem dúvida que a Cidade Matarazzo será o novo símbolo de São Paulo? Pela grandiosidade do projeto, afirmar isso não é nenhum exagero!

Leia mais

Agro Inspiração Feminina

Agro Inspiração Feminina

CADA DIA MAIS AS MULHERES TÊM AJUDADO NA TRANSFORMAÇÃO DO AGRO, DENTRE ELAS, ARETUZA NEGRI, DE PIRACICABA, FIGURA...

O ASSUNTO É DIVÓRCIO

O ASSUNTO É DIVÓRCIO

Dra. Jussara Moretti Ninguém se casa pensando em separar, afinal tendemos a acreditar na frase ‘até que a morte nos...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.