Conexão Trinova: ‘Muitas pessoas deixaram de ir aos hospitais para fazer acompanhamento de rotina’

por | 8 jun, 2020 | 0 Comentários

Por José Coral, presidente do Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba.

Desde que começou, na China, sabíamos do risco que corríamos de enfrentar essa pandemia. Talvez tenha faltado preparação, consciência e hoje o que vemos é uma correria desenfreada, informações desencontradas, construções de hospitais de campanha superfaturadas, altos custos na compra dos equipamentos, desemprego, um cenário incerto e vidas sendo levadas por um inimigo invisível. 

Como presidente do Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba (HFC), acompanho o trabalho de uma equipe inteira na linha de frente ao combate da Covid-19, vejo o quanto os profissionais da saúde têm se dedicado com coragem, disciplina e que, apesar do cansaço, seguem firmes nessa luta.

O que preocupa é que muitas pessoas deixaram de ir aos hospitais para fazer acompanhamento de rotina, cancelaram procedimentos não urgentes e, pior, interromperam tratamentos nas clínicas e hospitais com medo de pegar coronavírus.

A Sociedade Brasileira de Patologia estima que houve uma queda de 50% no número de diagnósticos de câncer no país nos últimos dois meses, o que leva à estimativa de que 50 mil casos continuam desconhecidos pelos pacientes. Ou seja, uma doença que precisaria ser descoberta precocemente acaba sendo diagnosticada em estágio avançado, o que diminui a chance de cura. E não é só do câncer que estamos falando, outras doenças também precisam de tratamento, precisam ser acompanhadas por profissionais médicos. 

Eu defendo o isolamento vertical, no qual os grupos de risco devem ficar em casa. Mas temos que ter consciência, afinal, a nossa saúde não pode esperar. 

O HFC está preparado para atender os pacientes dentro dos protocolos que garantem segurança. Na triagem, caso sejam identificados sinais da Covid-19, o paciente é imediatamente encaminhado ao setor específico, sem nenhum contato com o público. O hospital possui setores exclusivos para os pacientes infectados. Atualmente, o HFC é o único hospital de Piracicaba e região preparado para realizar cirurgias em pacientes portadores de doenças infectocontagiosas como coronavírus, tuberculose, H1N1, entre outras.

Por fim, quero dizer que esse é um momento difícil, mas acredito que vai passar! Por isso, precisamos estar juntos, mesmo estando distantes.

Um abraço. 

Leia mais

Última Palavra: Marina Monfrinato

Última Palavra: Marina Monfrinato

Somos os responsáveis por tudo o que acontece em nossa volta. Acho que você já ouviu isso inúmeras vezes, não é mesmo?...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.