Cultura, a veia pulsante de Piracicaba

por | 14 abr, 2020 | 0 Comentários

 

A cultura, além de tornar Piracicaba reconhecida mundialmente, é a grande responsável por gerar recursos financeiros em prol do desenvolvimento total da cidade. Exemplo claro disso é o nome da pasta que administra o ramo cultural: SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo de Piracicaba). Cultura e turismo, e sua gama de serviços relacionados, movimentam restaurantes, hotéis, agências de turismo, lojas e quiosques que atendem visitantes e turistas, gerando emprego e renda.

De acordo com Rosangela Camolese, secretária da SemacTur, os inúmeros eventos ligados ao turismo e à cultura na cidade atraem não só os moradores, mas também visitantes da região. “Para que tudo isso aconteça, há muito trabalho de profissionais, empresários, pequenos e médios empreendedores. Essa movimentação toda gira em torno de recursos financeiros, que ficam, em grande parte, para o nosso município”, frisou.

Na vasta agenda cultural da cidade foram realizados em 2019 eventos ligados à música, gastronomia, teatro, artesanato e muitos outros segmentos. Entre eles, é possível destacar o Festival Paulista de Circo, Festa das Nações, Festa do Divino, Paixão de Cristo, Salão Internacional de Humor, Salão de Belas Artes (SBA) e Salão de Arte Contemporânea (SAC), sendo a grande maioria oferecida gratuitamente à população.

Apoio para estruturação dos promotores da cultura

Para que todas as atividades aconteçam é preciso estruturar uma rede engajada de artistas e promotores culturais, e isso a cidade tem de sobra. Piracicaba conta com vários programas e ações vinculadas à SemacTur que incentivam artistas de diversos segmentos.

O Programa Movimentação Cultural e a Ceta (Companhia Estável de Teatro), por exemplo, contribuem para a formação do ator, em pesquisas teatrais e a criação de espetáculos. Já a Cedan (Companhia Estável de Dança de Piracicaba) incentiva e possibilita que seus bailarinos adquiram experiência em apresentações periódicas em Piracicaba e em outras cidades, propiciando a formação teórica e prática.

Já os artistas plásticos têm à disposição espaços culturais preparados, onde podem expor seus trabalhos gratuitamente, além de diversas oficinas de artes plásticas. Também por meio da SemacTur, são realizadas parcerias com instituições culturais e repasses de recursos e subvenções a instituições artísticas que, por sua vez, contribuem para formação de jovens artistas. Exemplos disso são a Orquestra Educacional de Piracicaba e a Orquestra Sinfônica, além do Núcleo Musical Municipal, criado há 25 anos, que oferece cursos gratuitos de violão e outros instrumentos.

“Constantemente a SemacTur também promove seminários e palestras para formação de artistas. Em parceria com o ComCult (Conselho Municipal de Política Cultural) e com outras organizações, trabalhamos sempre para a valorização da cultura de Piracicaba”, afirmou Rosangela.

 

Balanço

 O maior desafio para Rosangela Camolese em 2019 na SemacTur é manter as ações que já existem no calendário oficial e prosseguir com a cultura e o turismo funcionando a todo o vapor. “Lidamos com o orçamento reduzido, resultado da crise econômica que tem assolado nosso país, mas prosseguimos”, disse.

Para o próximo ano a SemacTur pretende aumentar, por meio de novas parcerias, o número de atividades levadas à população. “Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais justa, humana e fraterna”, completou a secretária.

Leia mais

Última Palavra: Marina Monfrinato

Última Palavra: Marina Monfrinato

Somos os responsáveis por tudo o que acontece em nossa volta. Acho que você já ouviu isso inúmeras vezes, não é mesmo?...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.