Minimalismo: muito mais do que uma tendência, um estilo de vida

por | 30 mar, 2020 | 0 Comentários

 

Com certeza você conhece o termo “minimalismo”. Consegue pensar rapidamente no seu conceito, também: menos é mais. É algo bem conhecido, e mais difundido do que você possa imaginar. Hoje, muito se fala inclusive de um lifestyle minimalista, no qual a pessoa vive apenas com o que é absolutamente necessário ou que realmente desperte alegria (alô, Marie Kondo!).

A onda minimalista começou como um movimento artístico pós-Segunda Guerra, com artistas como John McCracken, cujas obras, em sua maioria, são retângulos de resina coloridos (sim, só isso, joga no Google pra ver). Daí, se expandiu para a música, literatura, design, arquitetura… Basicamente tudo que é livre de excessos e se apresenta em sua forma mais essencial se encaixa no termo minimalista.

No design gráfico, por exemplo, o minimalismo é aplicado em peças nas quais a mensagem deva ser passada sem poluição visual ou muita informação que desvie o foco. Seguindo esta tendência, a Trinova apresenta um logotipo minimalista e contemporâneo, composto por traços suaves que dão continuidade à palavra. O mesmo design é aplicado nas composições das diagramações de layout da revista.

Por ter um resultado final “simples”, muitas vezes o minimalismo é visto como algo que não exige esforço, quando a realidade é exatamente o contrário: quão difícil é passar uma mensagem coerente com o mínimo de elementos possível?

Hoje, o minimalismo no design e na arquitetura é visto como algo sofisticado, com classe, focado, sem excessos e com uma clara mensagem de simplicidade. Não necessariamente significa se livrar de tudo, mas orquestrar um resultado que esteja perfeito sem precisar retirar sequer mais um item – tudo no seu devido lugar, sem mais, sem menos.

Quer um exemplo incrível de como o minimalismo é uma maneira forte de focar somente no que interessa? Abra o Google. Desde a sua criação, em 1998, sua homepage permanece basicamente a mesma: logo, caixa de busca, botão. Links extras e informações básicas foram adicionadas da forma mais sutil possível ao longo dos anos, mas a essência é a mesma.

 

Leia mais

Última Palavra: Marina Monfrinato

Última Palavra: Marina Monfrinato

Somos os responsáveis por tudo o que acontece em nossa volta. Acho que você já ouviu isso inúmeras vezes, não é mesmo?...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.