O coração é elétrico, a alma é Porsche

por | 24 mar, 2020 | 0 Comentários

Montadora lança Taycan, seu primeiro carro 100% elétrico, e marca o início de uma nova era.

Quem não evolui, fica pra trás. E comer poeira não é muito a praia da Porsche, concorda? Seguindo as tendências de mercado, a marca anunciou em setembro de 2019 seu primeiro carro 100% elétrico. O lançamento foi feito simultaneamente em três locações: Neuhardenberg (Alemanha, a terra natal da marca), Pingtan (China) e Niagara Falls (Estados Unidos). Os pontos foram escolhidos a dedo por terem geração sustentável de energia.  Neuhadenberg possui uma fazenda de energia solar, Pingtan tem um parque eólico, e Niagara Falls tem uma usina hidrelétrica. Foi a primeira vez que o Taycan apareceu por completo, calando quem achava que as palavras esportivo e elétrico não cabiam na mesma frase.

Não só cabem, como se completam e surpreendem. A novidade já está preparada para o futuro e carimbada com a emoção pura e o máximo prazer de dirigir característicos de todo Porsche. O Taycan Turbo S carrega um legado e uma avançada tecnologia que se traduzem em um alto desempenho de reprodutibilidade múltipla: dois motores síncronos de excitação permanente, até 560 kW (761 CV) de potência “overboost” com Launch Control, e aceleração de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos.

Segundo a montadora, a alma Porsche expressa-se em alta potência em todos os sentidos. O carregamento do Taycan demonstra isso: é possível atingir uma potência de carga de até 270 kW e, com isso, carregar em 5 minutos até 100 km de autonomia sob condições ideais. O veículo fica sempre pronto para aquilo no que o motorista costuma ficar pensando o dia todo: dirigir.

O Taycan também oferece uma experiência completamente nova: uma direção praticamente sem ruídos – tudo que se ouve é o respectivo som externo que atende aos requisitos legais. Também é possível ouvir em passeios dinâmicos um ronco impressionante, disponível no opcional Porsche Electric Sport Sound – um sistema que, em um caráter inovador, faz soar de forma mais emocionante o peculiar ronco de um veículo em seu exterior e interior.

Turbo?

As versões do Taycan se chamam Turbo e Turbo S, mas é só o nome mesmo, pois os carros elétricos não possuem motor turbo. A Porsche diz ter escolhido esses nomes pois a palavra Turbo é notoriamente ligada a alto desempenho, exatamente a ideia que eles querem ligar ao Taycan.

No Brasil

A marca confirmou que a novidade chegará ao Brasil e estará disponível para encomenda no início de 2020. As primeiras entregas no país estão previstas para o segundo semestre, e os valores para o nosso mercado ainda não foram definidos, mas a montadora informou que o Taycan está posicionado entre o Cayenne e o Panamera. A sua faixa de preço ficará provavelmente entre R$600 mil e R$1,2 milhão.

Leia mais

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.