‘Millennials celibatários’: Quanto menos sexo… melhor?

por | 30 mar, 2020 | 0 Comentários

Acredite, essa é a realidade de muitos jovens de hoje. Segundo pesquisas, os millennials transam cada vez menos.

“Apesar da reputação de sexo casual, millennials e a geração depois deles na verdade estão fazendo menos sexo que seus pais e avós fizeram quando eram jovens”. Não pode ser verdade, quem foi que disse isso? Conheça Jean Twenge, pesquisadora autora de um estudo que chegou a esse resultado. É, de fato essa geração adora se gabar sobre uma transa aqui e ali, sem nada muito sério, e a liberdade sexual está mais difundida do que nunca… Mas parece que todo esse papo de transar o tempo todo é uma grande balela. Segundo o estudo de Jean, feito há quatro anos, os millennials, pessoas nascidas a partir de meados dos anos 90, de fato fazem menos sexo do que seus pais faziam quando tinham a mesma idade. E a pergunta que não quer calar é: por quê?

Basicamente, a quantidade de responsabilidades e coisas pra fazer da vida adulta hoje é imensamente maior do que há, digamos, 30 anos. Não deixe as fotos lindas do Instagram te enganarem: tá todo mundo com a paciência chegando na reserva, com boleto pra pagar, faculdade pedindo mais xerox e resenha do que existe tempo hábil pra fazer, 70 grupos no WhatsApp esperando você responder o `bom dia’, e ainda tem que arrumar um emprego bacana, de preferência com um salário bom, porque aqueles boletos ali em cima não vão se pagar sozinhos. Quem tem tempo pra transar? E vontade? O corpo humano entra meio em pânico com tanto hormônio de stress, e prioriza a sobrevivência antes de qualquer coisa, ou seja – bye-bye libido.

E é fato, viu! Segundo um estudo das universidades de São Francisco, na Califórnia, e de Widener, na Pensilvânia, em média, jovens americanos têm hoje 53 relações sexuais por ano, no lugar de 65 relações sexuais por ano na década de 90.

Pouco sexo, ou zero sexo?

Quer ser surpreendido novamente? Tem um pessoal que simplesmente não liga pra sexo. Índices de vários países colocam os millennials como praticamente velhos em corpos de 25 anos: não bebem, não fumam, não usam drogas – e agora também não dão nem uma transadinha. Um estudo publicado em 2016 relatou altas taxas de inatividade sexual entre os millennials nos EUA. Mas dá pra segurar um relacionamento sem sexo? Para eles, sim – existem outras formas de demonstrar carinho que não incluem a pressão por uma performance incrível na cama, e que inclusive são mais rápidas. Com tanta coisa pra fazer e ver no mundo, quem é que tem tempo para uma maratona sexual, afinal?

 

Leia mais

Última Palavra: Marina Monfrinato

Última Palavra: Marina Monfrinato

Somos os responsáveis por tudo o que acontece em nossa volta. Acho que você já ouviu isso inúmeras vezes, não é mesmo?...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.